Tipos de Bolos

Quer seja simples ou às camadas complicadas, há sempre um bolo para todas as ocasiões. Aumente o seu repertório dominando as técnicas que lhe asseguram um resultado perfeito. Também será útil você conhecer a enorme variedade de tipos de bolos que você pode experimentar fazer.

Lista Completa de Tipos de Bolos

Bolos de Merengue

tipos de Bolos de Merengue

Recheados com frutos, natas batidas ou ambos até, estes bolos tem uma textura leve, embora apetitosos e suculentos.

Bolos de Queijo

Bolo de Queijo

Podem ser cozidos no forno, «presos» com gelatina ou moldados. (Note que os bolos não cozidos têm ovos crus.) Em todos os tipos, a textura é sempre macia e húmida.

Bolos às Camadas

Bolos às Camadas

Pode usar-se um bolo simples ou cremoso, ou uma mistura com frutos secos, para estes bolos. Se gelar o bolo acabado, as camadas estabilizarão.

Bolinhos

Bolinhos

Os choux são deliciosos e muito mais simples de fazer do que parecem.

Decorações

Decorações

Um bolo simples parece mais impressionante e sabe muito melhor quando decorado com frutas cristalizadas. Pode faze-lo e deixá-lo secar umas horas antes de servir.

Bolos de Chocolate

Bolos de Chocolate

Aprenda a melhor maneira de lidar com chocolate e terá poucos problemas — mesmo nos bolos mais complicados.

Bolos de Fruta

Bolos de Fruta

Tradicionalmente os bolos de fruta são ricos, pesados e cheios de frutos secos e cristalizados. Se puser mais destes últimos na parte de cima, brilharão como pedras preciosas.

Coberturas e Recheios

Coberturas e Recheios

Coberturas como a de creme de manteiga também podem servir para rechear. Outros, como o fondant, são bons para usar no saco de pasteleiro.

Bolos Batidos

Bolos Batidos

Os bolos batidos — tortas e bolos enrolados, bolos simples sem gordura e bolos esponjosos — têm uma textura leve e delicada, e podem rechear-se com natas batidas ou glacê leve.

O bolo de anjo simples pode servir-se com compota fresca de fruta, à sobremesa.

Costuma fazer algum tipo de bolo aqui referido?

Como Cozer um Bolo

Para se sair bem siga estas regras. Se houver contratempos, leia a tabela abaixo para descobrir a causa. Os ovos devem estar à temperatura ambiente. Coza pelo tempo mínimo que a receita indicar, antes de abrir a porta do forno. Arrume as camadas de bolo nas prateleiras do forno: não as empilhe. Se o bolo ficar acastanhado rapidamente, cubra a parte de cima, frouxamente, com papel de alumínio.

Lista de Problemas Comuns na Cozedura

Problema Explicação
O bolo apresenta uma textura

densa e pesada

Bolos batidos: falta de arejamento na mistura de

ovos e açúcar; farinha deitada sem cuidado.

Bolos cremosos manteiga, açúcar e ovos batido:

por tempo insuficiente; demasiada farinha;

farinha adicionada com vigor a mais.

A mistura do bolo talhou Os ingredientes não estavam à temperatura

ambiente, a manteiga e o açúcar não ficaram

bem cremosos antes de se deitarem os ovos; os

ovos foram adicionados depressa e não batidos

um a um.

Frutos secos caídos no fundo Bocados de fruta demasiado grandes e pesados;

glacé pegajoso; fruta sem ser lavada e seca; fruta

não enfarinhadas antes de adicionada à mistura.

Bolo afundado ao meio Temperatura do forno demasiado elevada, logo

bolo não cozeu o tempo devido, porta do forno

aberta cedo de mais provocando corrente de ar.

Torta rachada Massa cozida e seca de mais; a mistura não foi

espalhada, por igual, na forma; o bolo esperou

muito antes de ser enrolado.

Bolo elevado no meio e rachado Temperatura do forno demasiado alta,

provocando rapidamente uma crosta; bolo

numa prateleira do forno muito alta.

Bolo de fruta muito cozido e

com a parte de cima queimada

Os bolos de fruta exigem uma longa cozedura;

tape-os com papel de alumínio, a meio do

tempo necessário Se usar forno com ventilação,

escolha uma temperatura baixa.

Se o seu problema não estiver aqui listado use a caixa de comentários que nós tentaremos ajudar você a conseguir fazer o seu bolo sem problemas.

Ingredientes e Técnicas

Para cozer no forno, é importante usar os ingredientes exatos da receita. Empregue os melhores que houver e não guarde por muito tempo os ingredientes secos, porque se estragam depressa. Se seguir estas técnicas não terá dificuldade em fazer um bolo bem gostoso.

Ingredientes e Técnicas

Peneirar Farinha

Com um passador fino peneire duas vezes a farinha. Assim areja-a e melhora a textura do bolo. Peneire novamente os outros ingredientes secos para a mistura ser uniforme.

Separe as gemas e claras

Parta a casca no rebordo de uma tigela. Separe as duas metades e deite a gema de uma metade para a outra, sem a desfazer, deixando a clara cair na tigela.

Raspe casca de frutos

A casca de limão, laranja ou lima é usado para dar sabor aos bolos. Pegue num fruto limpo e sem «verniz» e esfregue-o no lado mais fino de um ralador, mas cuidado para não remover polpa branca e amarga que está por baixo. Se quiser tiras longas para decorar, use um descascador de citrinos.

Calda de açúcar

Derreta 500g de açúcar em 150 ml de água e misture-lhes uma pitada de cremor tártaro com uma colher de chá de água. Deixe levantar fervura e retire do lume. Se quiser mais espessura, deixe ferver até chegar aos 115°C; se quiser caramelo, ferva até aos 173°C.

Bata natas

Deite as natas geladas numa tigela e, com as varas, bata-as até ficarem em castelo. Se quiser deitar a nata com um saco de pasteleiro, continue a bater até obter castelo firme, mas não bata de mais ou a nata coalhará.

Dissolva gelatina

A gelatina deve ser amolecida em água fria e depois dissolvida ao calor, antes de ser utilizada. Deixe arrefecer antes de a deitar numa mistura, para não ficar em fios. Use uma colher de chá de gelatina em pó para uma colher de sopa de líquido.

  • Deite a gelatina em pó em água fria e deixe repousar 5 minutos.
  • Meta a tigela em água quente até o liquido estar transparente e deixe esfriar.

Torre de Avelãs

As avelãs dão aos bolos um sabor fantástico, mas a pele é difícil de tirar. Primeiro, têm de se torrar e depois esfregar com um pano.

  • Torre-as num papel para forno de gás a 180°C, 4 a 5 minutos, até as peles estarem acastanhadas e se soltarem.
  • Deite as avelãs num pano de cozinha, e dobre-o e esfregue-as com cuidado, para lhes tirar as peles. Deixe arrefecer.

Verifique a cozedura

Os bolos esponjosos deviam crescer bastante, dourar e começar a encolher a partir dos lados. Quando se carrega devagarinho, com cuidado, o meio deverá voltar ao seu lugar. Verifique os bolos espetando-lhes no meio um espeto fino. Se estiver pronto, ele sairá limpo. Caso contrário, coze mais cinco minutos.

Vire e deixe esfriar

Deixe o bolo repousar 5 minutos na forma, introduza-lhe uma espátula a toda a volta e vire-o sobre uma rede de arame. Se a forma tiver ganchos, solte-os e tire os lados. Para soltar um fundo amovível, vire o bolo sobre uma rede de arame e meta uma espátula entre o fundo e o bolo. Tire o papel com muito cuidado e deixe arrefecer.

Se não está pensado fazer bolos de casamento estas dicas servem de uma maneira geral para qualquer tipo de bolo que fosse esteja fazendo.  Para fazer uma aprendizagem completa veja a nossa matéria sobre formas de bolos e utensílios.

Formas de Bolos

Esse artigo é sobre as mais variadas formas de bolos e como pode preparar a forma para confeccionar e confeitar o bolo sem problemas.

Como preparar formas de bolos redondas

Prepare uma forma de bolo para evitar que este se pegue e facilitar a sua remoção. Primeiro, barre-a com gordura e forra-se com papel de silicone. Os bolos de fruta muito suculentos precisam ainda de mais proteção.

  1. Pincele uniformemente o interior da forma com manteiga derretida. Corte uma tira de papel com 5 cm a mais do tamanho da parte lateral, para que se sobreponha nas extremidades.
  2. Dobre uma tira comprida de papel, a 2,5 cm dos rebordos, e vinque-a Desdobre e faça cortes em viés, a intervalos de 2,5 cm na aresta maior, até à marca do vinco. Coloque cuidadosamente a tira de papel na forma e sobreponha as extremidades.
  3. Ponha a forma em cima do papel e desenhe um círculo com um lápis. Corte o círculo pelo lado de dentro do traço. Ponha a tira de papel comprida na forma, com o lado cortado para baixo, de modo que a aresta vincada fique no fundo. Carregue no papel, no fundo e lados da forma.
  4. Ponha o círculo de papel no fundo da forma, alisando-o para que a aresta da tira com cortes fique para baixo, sem fazer rugas. Certifique-se de que a parte sobreposta da tira está direita. Se usou papel vegetal, torne a pincelar com manteiga derretida.

formas de bolos - como forrar

Formas de qualidade

Compre as melhores formas. As de metal fino — que são um fraco investimento — deixam queimar o fundo dos bolos e até impedem que cresçam.

Tamanho da forma

Use a forma do tamanho indicado. Veja se a altura está certa. Se a forma for muito funda, o bolo não crescerá bem; se for muito baixa, a massa transbordará.

Formas de feitios invulgares

Não podem ser forradas com papel. Barre-as duplamente com manteiga, polvilhe-as com farinha e sacuda o excesso.

Como preparar uma forma retangular

As formas quadradas ou rectangulares devem ser forradas para que o bolo seja desenformado sem problemas.

  1. Ponha a forma em cima de uma folha de papel e desenhe-lhe o formato com um lápis. Vinque-a ao longo dos rebordos do papel. Dos lados mais compridos, corte pelos vincos das linhas do lápis.
  2. Barre a forma. Dobre os lados do retângulo de papel e ponha-o na forma, escondendo as dobras por trás dos lados mais compridos. Aconchegue bem.

Como Forrar uma Forma Duplamente

As misturas suculentas que necessitem de uma cozedura longa e lenta devem ter duas camadas de papel no fundo, que as protejam do calor. Para os bolos de fruta pesados e que estão muito tempo no forno, também é aconselhável enrolar papel espesso no exterior da forma.

  1. Dobre em 4 um quadrado de papel e a seguir ao meio, em triângulos. Com o vértice no centro, corte-o ao nível do rebordo.
  2. Corte outro círculo da mesma forma. Corte uma tira mais longa e mais funda do que os lados da forma. Barre-a e coloque o círculo no fundo. Barre o papel.
  3. Dobre a tira, corte-a e aconchegue-a para que a beira dobrada ultrapasse o fundo. Ponha o segundo círculo no fundo, para segurar a sobreposição. Unte.

Proteção adicional

Forre a forma como em cima. Doble uma folha de papel pardo numa tira com a mesma altura da forma e mais comprida do que a sua circunferência. Enrole-a em torno da parte lateral e prenda-a com um cordel. Coloque a forma sobre uma baking sheet forrada com papel pardo.

Por fim, diga-nos quais as formas de bolos que costuma utilizar mais nos bolos que faz.

Utensílios e Equipamento Básico para Fazer Bolos

Nesta página encontra uma seleção do equipamento e utensílios de cozinha mais úteis para fazer bolos gostosos e originais. Como sabe cada confeiteiro usa o equipamento que achar mais indicado para o trabalho que está fazendo, no entanto há coisas muito generalizadas que todos usam. Aqui pode identificar todos esses itens e inclusive perceber para que tipo de tarefa são mais apropriados. Além destes mencionados logo abaixo, precisará de uma balança afinada para obter uma boa cozedura.

Lista de Equipamentos e Utensílios

Colheres medidoras ajudam a medir com rigor

Colheres medidoras

A forma de Gugelhupf

Tem sulcos e desenhos para dar um formato bonito.

forma de Gugelhupf

Faca de serrilha

faca serrilha

Corta em camadas uniformes

Descascador de citrinos

descascador de citrinos

Para se obter tiras finas de casca sem atingir a parte interior.

Espátula de borracha

espatula

Rapa muito bem a tigela onde se faz a mistura.

Batedeira de varas

batedeira de varas

Para claras de ovos e natas, dá mais volume e permite um controlo melhor do que com a elétrica.

Sacos de pasteleiros de nylon

Lavam-se e usam-se repetidamente, e podem comprar-se de vários tamanhos.

Bicos pequenos

Para decorações em chocolate e glacês dão bons resultados.

Bicos largos

São precisos para deitar massa de choux, natas batidas e merengue.

Forma de bolo de anjo

Possui um canal ao meio e paredes inclinadas. Tem de estar impecavelmente limpa e sem gordura para o bolo subir o mais possível.

Formas iguais

Para um tipo em camadas podem ter um fundo desmontável.

Formas baixas e de fundo plano

São ideais para rolos e merengues.

Forma desmontável

Com molas, torna mais fácil desenformar e virar o bolo.

Costuma usar mais algum material para além destes mencionados para fazer os seus bolos de casamento?